Aqui onde a vida dobra a esquina, a gente se fala... e se refugia do desinteressante...
Porque tudo é uma questão de opção. Assim podemos ser cidadãos do mundo, carregando sóis gelados e luas coloridas. Podemos ter olhos para o bem estar alheio e estocar imensos pacotes de riso fresco. Não se iludir... mas fantasiar. Ser um sim dos momentos vagos, um enorme talvez das possibilidades. Enxergar tudo que gostamos e "passar batido" pelo que não apreciamos. Ser de empréstimo, de "por acaso", eternos olás de distribuição gratuíta ou pequenos adeuses restritos... Ser um moinho de vento. Até quem sabe, e por que não, o último biscoito do pacote?

2 de jun de 2011

REMODELANDO

Passei muito tempo maravilhada com essa história mágica dos blogs. E vamos combinar que é delicioso você possuir um diário virtual onde armazenar o que vê de bonito, de grandioso, de bom, de interessante... De quebra, poder partilhar tudo isso com aqueles que porventura resolverem borboletear o universo que voce está criando é tudo de muuuito bom!!!
Eis que chega uma hora em que voce resolve criar outro blog, resolve ir afunilando os assuntos e começa a criar uma série de blogs: um para divulgar serviços alheios, outro para falar das artes, outros para os desabafos, outro restrito a apenas alguns leitores e etc etc etc
E então, quando abre os olhos descobre que não está tendo o tempo necessário para dedicar-se a deixar os espaços que criou sempre inovadores, repletos de postagens e alegrias.
Cheguei nesse estágio e então tive uma idéia que pode deixar tudo separadinho, como eu gosto, sem deixar tudo abandonado por um longo período. Através deste meu espaço, o Coisas de San, vou "apensar" meus outros espaços, de maneira a que todos os leitores conheçam os desdobramentos que fiz.
Espero que a idéia dê certo e que eu possa inovar com mais facilidade e constância.
Aguardem reformas.