Aqui onde a vida dobra a esquina, a gente se fala... e se refugia do desinteressante...
Porque tudo é uma questão de opção. Assim podemos ser cidadãos do mundo, carregando sóis gelados e luas coloridas. Podemos ter olhos para o bem estar alheio e estocar imensos pacotes de riso fresco. Não se iludir... mas fantasiar. Ser um sim dos momentos vagos, um enorme talvez das possibilidades. Enxergar tudo que gostamos e "passar batido" pelo que não apreciamos. Ser de empréstimo, de "por acaso", eternos olás de distribuição gratuíta ou pequenos adeuses restritos... Ser um moinho de vento. Até quem sabe, e por que não, o último biscoito do pacote?

10 de dez de 2010

REPAGINANDO

Andei faxinando esse meu lugarzinho, abrindo espaço para que novas possibilidades se descortinem...
Aproveito o momento para desejar à todos um  lindo natal. Que a mesa seja farta, os corações repletos de amor, as almas transbordem de tolerância e generosidade, que os amigos e familiares sejam uma constante na vida de todos, que os sorrisos sejam plenos de alegria e os caminhos coloridos, suaves e instigantes. Que 2011 nos encontre com energia, com positividade, bom humor, dinheiro no bolso, muita saúde e um leque sortido de excelentes projetos. Que Deus abençoe-nos com abundância e plenitude. Feliz Natal e um Excelente 2011 a todos.